Vereadores articulam de olho na vice-presidência da Câmara

Com a saída de Clécio Alves, que tomará posse como deputado estadual em fevereiro, vice-presidência da Casa ficará vaga

Postado em: 06-01-2023 às 08h30

Por: Felipe Cardoso

Com a saída de Clécio Alves, que tomará posse como deputado estadual em fevereiro, vice-presidência da Casa ficará vaga. | Foto: Reprodução

Passada a tormenta sobre a legalidade da antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Goiânia, o assunto da vez passa, agora, pela vice-presidência do Legislativo. 

Com a posse dos deputados eleitos, prevista para 1° de fevereiro, a segunda cadeira mais importante do Parlamento ficará vaga. Isso porque o vereador Clécio Alves (Republicanos) assumirá mandato na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Antes mesmo de deixar a Câmara, alguns nomes já articulam de olho na vaga que será aberta em menos de um mês.

Conforme apurado pela reportagem, estão na corrida pela vaga de Clécio os vereadores: Geverson Abel (Avante), Thialu  Guiotti (Avante), Leo José (Republicanos), Sabrina Garcez (Republicanos) e Dr. Gian (MDB). As lideranças buscam apoio dos demais colegas – 30 restantes – na tentativa de ocupar esse vácuo. 

Continua após a publicidade

Nos bastidores, porém, já existem alguns nomes tidos como favoritos. Vereadores da base e oposição foram procurados e consideraram como “mais fortes” os nomes de Geverson Abel e Leo José. Thialu, Sabrina e Gian figuram na corrida, segundo as mesmas fontes, de maneira mais “tímida”. 

Outro detalhe importante é que o deputado eleito, além de vice-presidente da Casa, também preside a Comissão de Finanças, Orçamento e Economia, posto que também segue na mira de alguns membros da Casa. 

Posse

Na última segunda-feira (2/1), vale lembrar, a Câmara deu posse à atual mesa com mandato até o final de 2024. Na ocasião, o vereador Romário Policarpo (Patriota) assumiu a presidência pela terceira vez.

“Tenho a honra de dizer que entro para a história dessa cidade como o único que foi presidente por três vezes consecutivas”, disse Policarpo durante a sua fala. “Continuaremos nessa Casa trabalhando em prol da sociedade goianiense”, completou.

A nova mesa conta com um 4º vice-presidente, Leia Klebia (PSC), e um corregedor, Joãozinho Guimarães (Solidariedade). 

Imbróglio 

Por meses, Policarpo se viu diante da possibilidade de perder a cadeira. A recondução antecipada do vereador à presidência foi contestada por adversários políticos na Justiça. A discussão chegou ao STF que, na contramão do esperado pelos autores da ação, entendeu que a reeleição foi legal. 

“Não cabe a quem tem poder governar com ódio, mas não me peçam para esquecer o que eu vivi nos últimos três meses”, parafraseou o petista que publicou a mensagem no Twitter sobre os acontecimentos que o levaram para prisão em 2018. Segundo Policarpo, por quase três meses ele foi vítima do velório mais longo da cidade. 

“Tentaram distribuir meu patrimônio político, mas a Justiça foi feita”, reforçou e completou: “Tudo que foi dito chegou a mim. E tudo será lembrado.”

Ainda em sua fala, que soou como um desabafo sem deixar de lado um gostinho satisfatório da vitória, ele alertou: “Tentaram me retirar de uma eleição legítima e acabaram me dando a possibilidade de mais uma.”

Agradecemos a todos que vistam nosso site e compartilham os links além disso , pedimos que curta a nossa página.

Acompanhe as novidades de música no site diariamente, faremos o máximo para trazer as músicas do momento só pra você.
Download
mp3
for free
house
amapiano
download mp3
Fofoca
novidades
entretenimento

2 comments

Deixe uma resposta