Entretenimento

Spotify do Reino Unido acusado pelos fãs de boicotar

Chris Brown É meus amigos, mais uma vez presenciamos um boicote descarado da mídia, mas antes de tudo, vamos falar um pouco sobre a Team Breezy do UK.
Os fãs de lá, sempre fazem de tudo pra colocar o Chris Brown no topo em qualquer lançamento, os números de streams e certificados são tão grandes quanto nos EUA.
O festival “Wireless Festival” confirmou duas apresentações do Chris no país, que acontecerá no dia 01 de Julho em Londres e dia 09 em Birmingham, e esse é seu retorno ao território após 12 anos de proibição. Os ingressos esgotaram em minutos, mostrando a força dos fãs.
No próprio lançamento do álbum “Breezy”, Chris debutou em 1º lugar no Spotify, além de conseguir cinco músicas no top5 no país.
Já que não é possível esconder dados que os próprios usuários podem consultar, eles são “obrigados” a mostrar. No Twitter, o serviço de streaming publicou a foto chart mostrando os álbuns lançados e suas posições, em primeiro lugar estava “Breezy“, seguido de “Give Or Take” do Giveon e “Superache” de Conan Gray, mas o que chamou atenção foi a legenda enaltecendo o SEGUNDO lugar e não comentando nada do primeiro, sendo que o último trabalho solo do Chris Brown foi em 2019 com “Indigo“.
Muitos podem achar isso besteira ou “normal”, mas com os comentários no tweet perguntando o motivo de não falar sobre o 1º colocado, o perfil simplesmente excluiu a publicação e não se retratou.
Já no instagram, eles puderam mudar a legenda rapidamente e fingir que nada aconteceu, mas os comentários dos fãs deixam bem claro que a falta de informação sobre o álbum de Chris Brown também aconteceu.
Não temos prints, da legenda anterior, mas nos grupo de Whatsapp, disseram que falaram apenas da Beyoncé. É claro que isso não é culpa dos outros artistas, só estamos mostrando o que acontece por trás de tudo.

Deixe uma resposta