“Se existisse VAR há 20 ou 30 anos atrás, o Sporting tinha mais campeonatos”

0
20
“Pena que o VAR não tenha vindo há mais tempo”, lamenta ex-capitão do Sporting

O futebol português foi um dos precursores na introdução do sistema de videoarbitragem, que funciona no apoio às decisões tomadas em campo pelos árbitros no campeonato nacional. Desde há várias épocas a esta parte, o sistema de videoárbitro (VAR) tem sido uma ferramenta utilizada não apenas no campeonato português mas também em outras competições internas, sendo que foi também alargado a outras provas internacionais e outras ligas sob tutela de outros organismos como a FIFA e a UEFA.

Em 2017, a Federação Portuguesa de Futebol entendeu introduzir o mecanismo de apoio às decisões das equipas de arbitragem com a implementação do sistema de videoárbitro. De então para cá, é certo que as críticas às decisões mantiveram-se, com interpretações várias e variadas a respeito de lances ocorridos em campo. No entanto, o sistema já se fixou e os responsáveis pelo futebol nacional asseguram que estará para durar.

Em Alvalade, é com agrado que se tem acompanhado a introdução e crescimento do VAR. Ainda recentemente, o Sporting atingiu a próxima fase da Taça de Portugal na sequência de uma decisão validada de golo por parte do VAR, uma vez que existiam dúvidas relativamente ao facto de a bola ter ou não ultrapassado a linha de golo.

Com recurso à tecnologia e visionadas as imagens pelo VAR, o golo leonino foi validado e, com ele, a formação orientada por Rúben Amorim, atual campeã nacional, avança na Prova Rainha.

Carlos Xavier, antigo capitão do Sporting, mostra-se agradado com a tecnologia do videoárbitro e até acredita que se este existisse há mais tempo no futebol português, a turma de Alvalade poderia ter mais campeonatos nacionais conquistados.

“Infelizmente, o VAR existe há pouco tempo. Se o VAR tem existido há 20 anos ou 30 anos atrás o Sporting tinha muitos mais campeonatos conquistados”, acredita Carlos Xavier.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here