Rapper J Stash mata mulher na frente dos filhos e depois tira a própria vida

0
20

Acontecimento pegou todos de surpresa.

O número de mortes violentas na comunidade do rap atingiu um recorde em 2021, e 2022 não foi um bom começo. De acordo com relatos locais, o rapper J $tash, de Los Angeles, foi identificado como o suspeito de um aparente assassinato-suicídio. Na segunda-feira (3 de janeiro), as autoridades identificaram Justin Joseph como o responsável pela morte de Jeanette Gallegos. Ele finalmente apontou a arma contra si mesmo, terminando sua vida com apenas 28 anos de idade.

Delegados do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles estavam respondendo a uma ligação de violência doméstica na manhã de sábado, quando descobriram os corpos de Jeanette Gallegos, de 27 anos, e de J Stash, de 28 anos, que era mais conhecido por ter assinado com a gravadora Rich Forever, do rapper Rich the Kid.

Gallegos foi encontrado com vários ferimentos à bala, levando as autoridades a suspeitar inicialmente que J Stash, nascido Justin Joseph, atirou nela mortalmente antes de apontar a arma contra si mesmo. “No momento, as evidências no local e as informações preliminares que temos das crianças da casa são de que se trata de um assassinato-suicídio”, disse o tenente Derrick Alfred.” Uma arma de fogo foi recuperada no local. As autoridades retiraram às três crianças, com idades entre 5 e 11 anos, de casa. Gallegos era a mãe dos filhos, que saíram ilesos e acreditavam-se que viviam na residência.

J $tash lidou com incidentes domésticos no passado. Em setembro de 2014, ele foi acusado de espancar brutalmente sua ex-namorada Danielle Phaeton no rosto e no corpo. Depois de se entregar naquele mês de outubro, as acusações foram finalmente retiradas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here