Moçambique entrou no mercado de diamantes

0
72

Moçambique conseguiu a tão esperada admissão pelo Processo Kimberley. Agora o país já pode tirar fruto da riqueza diamantífera que tem em todas as regiões.

Estudos feitos nos anos 90 indicam que há zonas de ocorrência do diamante em Gaza, no sul, Manica, Sofala e Tete, no centro e Niassa, no norte.

É uma admissão conseguida depois do chumbo de 2016 e vários anos de trabalho, pelo que o ministro dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela diz que os frutos da admissão devem ser construídos já. “Vamos viabilizar uma série de projectos que estavam parados”, disse o dirigente minutos depois da decisão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here