Mesmo com perdas, e com uma colheita das safras de soja e milho do Rio Grande do Sul que ainda não começou, safra foi reduzida, mas recorde no agronegócio estão garantido

Mesmo com perdas, e com uma colheita das safras de soja e milho do Rio Grande do Sul que ainda não começou, safra foi reduzida, mas recorde no agronegócio estão garantido

Mesmo com perdas, e com uma colheita das safras de soja e milho do Rio Grande do Sul que ainda não começou, safra foi reduzida, mas recorde no agronegócio estão garantido
(Foto/divulgação)

No Rio Grande do Sul, aonde as colheitas ainda não foram iniciadas, o setor se preocupa com a previsão de precipitações, e o tempo quente e seco é um dos fatores preocupantes. Entretanto, ainda não houve registros de quebra de safra no estado gaúcho, é necessário que essas condições se modifiquem, para não afetarem para baixo o potencial produtivo.

Mesmo com as condições climáticas adversas, outras consultorias ainda apostam numa colheita superior a 150 milhões de toneladas, apesar das perdas no Rio Grande do Sul. Isso porque, a estiagem, fruto do fenômeno climático La Niña, está castigando menos do que no ano passado. Os grãos do estado estão em fase de enchimento, e as chuvas estão acima da média no estado. Assim, acredita-se que o solo terá sua umidade recuperada e que, nesta reta final, as lavouras possam retomar o desenvolvimento.

Artigos recomendados

Os estados que já começaram a colheita da soja foram o Mato Grosso e Rondônia. Com tempo fechado, e muita chuva, os trabalhos foram bem afetados, entretanto, na última quinta-feira (12), a notícia é de que 0,6% da área cultivada no Brasil a colheita já foi realizada. Uma área 1,2% superior ao mesmo período do ano anterior, mesmo havendo atraso na média de cinco anos para o hectare de área plantada, 2,38% versus 3,55%. As informações foram repassadas pelo Imea, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária. Na região Sul os trabalhos de colheita ainda não se iniciaram.

No mesmo período, 12 de janeiro, foi mensurada que a colheita do milho chegou a 4,% da área cultivada na porção centro-sul brasileiro. No ano passado, no mesmo período, a colheita chegou em 6,3%. A colheita está começando pela região noroeste do Rio Grande do Sul, e a AgRural também reduziu as estimativas para a oleaginosa. Cortes são esperados ainda para este mês.

Agradecemos a todos que vistam nosso site e compartilham os links além disso , pedimos que curta a nossa página.

Acompanhe as novidades de música no site diariamente, faremos o máximo para trazer as músicas do momento só pra você.
Download
mp3
for free
house
amapiano
download mp3
Fofoca
novidades
entretenimento

Deixe uma resposta