Menomadin e Mitrelli celebram a forte relação entre África e Israel em Tel Aviv

A Fundação Menomadin realizou o seu evento inaugural em Tel Aviv, ontem (domingo), no Museu de Arte de Tel Aviv, com uma cerimónia de gala. O evento contou com a presença de convidados de honra, incluindo o ex-vice-presidente de Angola, Bornito de Sousa, que chegou a Israel para explorar parcerias e visitar universidades israelitas. Estiveram também presentes a ministra do Trabalho, Assuntos Sociais e Serviços Sociais, Meir Cohen, a ministra do Interior, Ayelet Shaked, ambas de Israel, e a ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social de Angola, Teresa Rodrigues Dias, que visitou Israel para conhecer a inovação do país, na área da educação e tecnologia.

A gala da Fundação Manomedin foi abrilhantada com a actuação de 15 crianças e jovens angolanos, convidados a visitar Israel entre os dias 7 e 16 de Novembro, numa iniciativa integrada no projecto “Ponte Cultural” da Fundação Arte e Cultura, que apoia os artistas locais na divulgação da cultura angolana em todo o mundo. No evento, as crianças dançaram e interpretaram, entre outros temas da cultura angolana, um medley único do sucesso de Bob Marley, “One Love”, com a famosa canção do cantor israelita Avraham Tal, “Kol Galgal”, que foi traduzida para português e Kimbundu, e actuaram com a cantora de gospel angolana, Glória de Lú. Em cena esteve ainda a israelita produtora musical e artista Noa Zulu, considerada uma das melhores artistas de didgeridoo do mundo, interpretando uma música original, criada em conjunto com Glória Lú e o kudurista Evandro Raimundo, com quem partilhou o palco, tendo cada um trazido um toque da sua cultura individual.

A Fundação é especializada na criação e implementação de práticas inovadoras, desenhadas para produzir impacto social. Estiveram presentes os Embaixadores de Angola, Etiópia, Guiné Equatorial, Marrocos e Ruanda, e outros ilustres convidados de Angola e de toda a África, juntamente com líderes empresariais e parceiros do sector público de Israel e da Europa.

Haim Taib, Fundador e Presidente do Grupo Mitrelli e da Fundação Menomadin e Merav Galili, CEO da Fundação Menomadin, foram os anfitriões desde evento. Dirigindo-se aos participantes, Haim Taib observou: “O maior desafio da humanidade é assegurar que as pessoas, todas as pessoas, jamais percam a capacidade de sonhar com uma vida melhor para si próprias. Através dos nossos projectos e investimentos, nas últimas décadas, temos vindo a ajudar comunidades e indivíduos a realizar o seu sonho de um futuro melhor, primeiro através da Mitrelli, e agora, através da Menomadin Foundation, que está a contribuir para amplificar este benefício e impacto”.

Bornito de Sousa, ex-vice-presidente de Angola, disse: “estamos aqui hoje para falar de mais do que de Angola.  Estamos aqui para falar de toda a África.  Na verdade, estamos aqui para falar de mais do que impactar uma ou duas comunidades, estamos a falar de mudar vidas em todo o continente, de combater a pobreza e as alterações climáticas – de fazer história e construir o futuro. Convido os empresários, académicos e cientistas, artistas e personalidades do sector da cultura, desportistas, jovens e estudantes, em particular, a conhecerem Angola e as oportunidades que detém para os negócios, a cooperação e o turismo, seguindo o exemplo dos empreendedores que já desenvolvem os seus projectos no nosso país”.

Acrescentou: “Gostaria de aproveitar esta oportunidade para saudar a Fundação Arte e Cultura, um forte parceiro que faz parte da Fundação Menomadin em Angola, e sublinhar as acções desenvolvidas para a preservação das artes e cultura locais e a responsabilidade social do Grupo Mitrelli, o consórcio de empresas que a apoiam”.

A Fundação Menomadin opera em Israel e em África, promovendo empreendimentos sociais e investimentos de impacto destinados a alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS das Nações Unidas).

Durante o evento, a Fundação Menomadin apresentou o seu primeiro relatório de impacto, tendo destacado o trabalho realizado, tanto em Israel como em Angola. Exemplos-chave incluíram a colaboração com “Save a Child’s Heart”, que traz, para Israel, crianças de toda a região e de África, para cirurgias que salvam vidas; a Fundação Arte e Cultura, que se destina a capacitar indivíduos e comunidades através da arte, cultura e património; e a iniciativa “A’alam Druze Civic Leadership”, que tem por objectivo aumentar a representação drusa nos centros de influência locais e nacionais, integrando, ao mesmo tempo,  o património, os valores e a história drusos.

No seu discurso na gala, Merav Galili, CEO da Fundação Menomadin, apelou a um grande enfoque na inovação, no campo dos investimentos sociais, para assegurar a resiliência social e humana, e lançou um repto a todos os presentes “convido-vos a ler o primeiro relatório de impacto que estamos a lançar hoje, no qual utilizámos metodologias aceites no mundo do impacto, para analisar, qualitativa e quantitativamente, cada projecto, investimento e empreendimento em Israel, África, e em todo o mundo, ao mesmo tempo que examinamos uma multiplicidade de parâmetros para nos certificarmos de que estamos sempre no caminho certo. A gestão do impacto é um desafio internacional, e testamo-nos todos os dias para nos certificarmos de que estamos a fazer a diferença e a produzir um impacto positivo”.

E acrescentou: “Estamos numa jornada contínua de aprendizagem, como parte de um processo que a comunidade de investidores de impacto global está a atravessar. Muitas vezes voltamos ao quadro branco, mantendo a nossa mente aberta e flexibilidade de pensamento, ouvindo constantemente as comunidades com as quais trabalhamos e os nossos parceiros”.

O evento celebrou a robustez da relação entre Israel e África, especialmente nas muitas parcerias em inovação. “A Fundação Menomadin baseia-se em décadas de experiência na actividade social e de enorme impacto em África, tanto no campo da filantropia como no dos investimentos. A Fundação aprendeu muito e, actualmente, está a criar impacto económico e ambiental ao nível do Estado. Formulámos novos modelos que são hoje aplicados em Israel e que ajudam a lidar com falhas do mercado social e a capacidade de medir o impacto e a mudança”, explicou Galili.

Resumindo o impacto que a Fundação Menomadin estava a ter nas comunidades de toda a África, Haim Taib, Fundador e Presidente do Grupo Mitrelli que criou a Fundação, salientou, “o trabalho da Fundação Menomadin está a construir um impacto duradouro para os povos de todo o continente africano, mas está também a contribuir extraordinariamente para a parceria e colaboração entre israelitas e africanos. Temos tantas oportunidades de partilhar as melhores práticas quando se trata de abordar as questões-chave que todos enfrentamos hoje, incluindo – mas não só – as alterações climáticas e a segurança alimentar e hídrica. Estamos a dar vida a uma visão de cooperação e progresso que deveria ser um modelo para o mundo inteiro”.

A fundação foi criada pelo empresário e filantropo Haim Taib, fundador e presidente do Grupo Mitrelli – empresa internacional que opera em mercados emergentes de África, especializada em projectos de grande escala, chave-na-mão, em diversos sectores. A visão da fundação é promover um impacto social mensurável, a nível mundial, com base na capacidade de pensar de forma diferente sobre os recursos e o que as pessoas podem alcançar quando lhes são dadas as ferramentas certas. Nesta perspectiva, a Fundação Menomadin é uma resposta a um mundo de impacto fragmentado. A fundação está sistematicamente a repensar o que pode ser alcançado através da combinação entre filantropia estratégica, investimentos de impacto, e parcerias intersectoriais, para promover soluções de desenvolvimento integradas, holísticas, e de alto impacto.

3 comments

Deixe uma resposta