JOVEM QUE OFERECEU BUQUÊ DE “TAKO” É PROCURADO POR TER DESVIADO 165 MIL LITROS DE COMBUSTÍVEL

O jovem mais conhecido por Gimo, que ofereceu um buquê cheio de notas de meticais a sua namorada na semana passada está sendo procurado pela empresa onde trabalhava por ter desviado 165 mil litros de combustível.
Ele prestava serviços a Petromoc-Sasol no Porto da Beira. Neste momento ele anda fugitivo, primeiro escalou a província de Tete, de lá foi até cidade de Chimoio, local onde ofereceu o buquê a sua amada.

Deixe uma resposta