JOVEM MATA IRMÃ E MÃE POR NÃO TER ACEITADO MANTER RELAÇÃO SEXUAIS EM MANICA



O caso deu-se no final deste sábado (30.04.2022) no Distrito de Mossurize na Província de Manica. O suspeito com recurso a uma catana, tirou a vida da mãe, quando está se recusava manter relações sexuais com o filho.

O suspeito dirigiu-se no quarto da mãe, onde se encontrava a dormir, esforçou a vítima a manter [relações sexuais]”, na tentativa de fugir, o suspeito golpeou a mãe nas costas e na cabeça com uma catana, tendo perdido a vida de imediato. Devido os gritos os irmãos aproximaram para impedirem aquele acto, mas já era tarde.

Após cometer o primeiro crime, o suspeito fez a questão de silenciar a sua irmã com recurso a um pau e uma catana, inconformado pelas duas vidas que tirou, continuou com a vingança, matando os animas como cabrito e galinhas, pertencente a mãe. Por sorte o pai não estava em casa, escapou a morte, pós o filho segundo contam, esperava também tirar a vida do pai.

Agora nas nãos da polícia, o suspeito diz não saber exatamente oque teria acontecido e alega que foi “vítima de maus espírito”, depois de sentir-se injustiçado por parte da mãe, na divisão da colheita do amendoins, e que tirar a vida da mãe não foi a intenção.

O porta voz da Polícia da República de Moçambique na voz do Mateus Mindu, confirmou o caso e repúdio essas atitudes e apelou o diálogo como uma forma de resolução de problemas.

Refira-se que este é o segundo caso desse gênero, reportado pela PRM no Distrito de Mossurize.

POR: Azarias Macaza

Deixe uma resposta