Experiências gastronômicas ao redor do mundo

Ainda não conhecidos, mas por pouco tempo, AlpiNN em Marebbe (IT), Bagá em Jaén (ES), Haoma em Bangkok (TA), Ikoyi em Londres (UK) e Jean-Georges Philadelphia na Filadélfia (EUA) estão no topo da lista dos restaurantes que precisam conhecer em 2023. | foto: Reprodução

Falar de gastronomia semanalmente tornou-se hábito do Essência e 2022 foi o ano da diversidade por aqui. Falamos da culinária nordestina, contemporânea, japonesa, entre muitos outros cardápios que nos encheram os olhos e salivaram a boca. Depois de tantas experiências culturais e saborosas, o que mais nos resta dizer sobre as comidas que encantam os apaixonados por um bom prato? Eu te digo, há uma imensidão de restaurantes ao redor do mundo que prometem virar tendência em 2023.

O ano acaba de começar e já estamos ansiosos para viver o que 2023 tem para nos oferecer. Dentre as milhares oportunidades que estão por vir, queremos nos jogar nas possibilidades gastronômicas, mergulhar na diversidade cultural e conhecer os melhores restaurantes do mundo. Ainda não conhecidos, mas por pouco tempo, AlpiNN em Marebbe (IT), Bagá em Jaén (ES), Haoma em Bangkok (TA), Ikoyi em Londres (UK) e Jean-Georges Philadelphia na Filadélfia (EUA) estão no topo da lista dos restaurantes que precisamos conhecer.

A revista Forbes convidou Kristian Brask Thomsen, embaixador da culinária, Marco Invernizzi, primeiro mestre Bonsai não japonês e a modelo Aiste Miseviciute dona do blog ‘Quem disse que as modelos não comem?’ para elegerem os restaurantes que ainda não desabrocharam para o grande público, mas que valem a pena a visita. Eles destacaram dez restaurantes, cinco citados aqui, que despertaram o desejo de voltar nos especialistas. Os estabelecimentos oferecem sabor e sim, podem se gabar também das localizações privilegiadas.

Continua após a publicidade

Ao dar esse passeio pelo mundo com a perspectiva gastronômica, um olhar profundo para a cultura de cada local se faz necessário. Por meio dos ingredientes sazonais e da história local é possível entender como a comunidade se deu ao longo do tempo e como comportamentos são desenvolvidos. Seja na Itália, Espanha, Tailândia, Inglaterra ou Estados Unidos, esses restaurantes exercem, além do intuito gastronômico, a função de expandir pensamentos culturais de cada região.

Requinte, qualidade, sabor e diversão

Impulsionado pela filosofia vanguardista ‘Cook the Mountain’ do renomado chef Norbert Niedelkofler, o restaurante inovador AlpiNN está situado no topo de um dos picos das majestosas Dolomitas italianas, explica Invernizzi: “Os hóspedes podem desfrutar do menu inspirado na montanha com base na estrita sazonalidade e na abordagem mais ecológica dos ingredientes locais. Tudo isso em um espaço de jantar único, que se parece com uma sala de estar e tem uma vista deslumbrante de 270 graus dos vales e montanhas cobertas de neve ao redor. Os hóspedes sentem, respiram, saboreiam e finalmente se perdem neste cenário natural único no restaurante mais sofisticado da Europa”.

O restaurante inovador AlpiNN está situado no topo de um dos picos das majestosas Dolomitas italianas. | foto: Reprodução

Miseviciute aponta que, antes de o chef-proprietário Pedro Sánchez abrir o Bagá, de apenas sete lugares, em sua cidade natal e receber sua primeira estrela Michelin, ele teve uma formação clássica francesa no Château de Bagnols na França, bem como ao lado de lendas espanholas como Martín Berasategui. “Sua cozinha é tecnicamente perfeita, reconfortante e deliciosa”, diz ela, “mas ao mesmo tempo ousada e ultrapassando os limites da criatividade. Você pode realmente ver o talento de Pedro. Quem pensaria em servir carne maturada por 180 dias com molho de baunilha ou favo de mel com praliné de alho assado? No entanto, em suas mãos brilhantes, todas essas combinações funcionam perfeitamente”.

O chef-proprietário Pedro Sánchez do Bagá, de apenas sete lugares, já recebeu sua primeira estrela Michelin. | foto: Reprodução

“O Haoma é uma experiência gastronômica muito diferente, muito original e divertida”, diz Brask Thomsen. “Além disso, deve ser um dos restaurantes mais sustentáveis ​​do mundo”. O estabelecimento começou como um restaurante ‘neo-indiano’ com uma impressionante horta urbana na casa do chef e criação dos próprios peixes. “Eles até servem a chuva da monção tailandesa como ‘tranquila ou espumante’, sem mencionar que têm uma carta de vinhos excelente e mágica”. Ele resume: “Um projeto culinário super apaixonado que, paralelamente, também preparou meio milhão de refeições até agora para os sem-teto de Bangkok”. O Haomo chegou a receber sua primeira estrela Michelin em novembro.

O Haoma é um dos restaurantes mais sustentáveis ​​do mundo, com uma horta urbana e criação dos próprios peixes. | foto: Reprodução

“Um dos chefs europeus mais visionários de sua geração”, nas palavras de Miseviciute. Jeremy Chan fundou o Ikoyi com seu amigo Iré Hassan-Odukale em 2017, inspirado na culinária nigeriana, algo inédito na época. “Duas estrelas Michelin e cinco anos depois, Ikoyi superou-se em grande parte. A cozinha ainda é muito sobre o uso engenhoso de especiarias da África Ocidental, mas é mais focada na interpretação da sazonalidade britânica e produtos de origem fina”.

Jeremy Chan fundou o Ikoyi com seu amigo Iré Hassan-Odukale em 2017, inspirado na culinária nigeriana. | foto: Reprodução

Depois de subir ao 60º andar do prédio mais alto da cidade, você desce a escadaria cercada por uma cachoeira para ser recebido por um carrinho de champanhe em “um dos restaurantes mais espetaculares dos Estados Unidos”, na opinião de Invernizzi. “Enquanto desfrutam de um pôr do sol lá do alto como um pássaro, os clientes do Jean-Georges Philadelphia experimentam os sabores globais enraizados na técnica francesa que tornaram todos os restaurantes de Jean-Georges tão queridos por muitos em todo o mundo”. A chef Cornelia Sühr reúne ao seu redor uma equipe diversificada de profissionais, muitos dos quais são mulheres, e colabora com ceramistas para criar peças exclusivas. São eles que apresentam os “pratos elegantes mas decisivos dos dois menus de seis tempos”.

Enquanto desfrutam de um pôr do sol lá do alto, os clientes do Jean-Georges Philadelphia experimentam sabores enraizados na técnica francesa. | foto: Reprodução

Agradecemos a todos que vistam nosso site e compartilham os links além disso , pedimos que curta a nossa página.

Acompanhe as novidades de música no site diariamente, faremos o máximo para trazer as músicas do momento só pra você.
Download
mp3
for free
house
amapiano
download mp3
Fofoca
novidades
entretenimento

2 comments

Deixe uma resposta