Empresa privada dos EUA e seu plano ambicioso de construir um colossal banco de energia com baterias gigantes de íons de lítio nos telhados de edifícios residenciais

lítio - íons - bateria - siemens - energia - tesla - carros elétricos

baterias de íon lítio – Imagem MicroGrid
Os moradores temem por sua própria segurança devido aos riscos de explosão das baterias de íons de lítio, bem como à do prédio

Nova York se move silenciosamente para permitir que baterias gigantes de íon de lítio sejam instaladas nos telhados. MicroGrid Networks tem o plano de construir um colossal banco de energia no topo de um prédio do Brooklyn.

A empresa com fins lucrativos diz que locais viáveis para o armazenamento de baterias — anunciado como o futuro da energia verde — são extremamente limitados, e a construção em cima das casas dos nova-iorquinos é necessária para que a cidade atinja suas metas climáticas.

Artigos recomendados

Se aprovado, o projeto marcaria a primeira vez que tal subestação pode ser construída no telhado de um edifício residencial em qualquer lugar dos bairros, nos EUA e, possivelmente, espalhando pelo mundo sua idea ambiciosa.

A MicroGrid tem trabalhado desde 2020 para colocar 2,5 megawatts de armazenamento de energia no topo de um prédio de sete andares. São bancos de baterias semelhantes aos de íon de lítio — que recarregam à noite e depois vendem energia para a ConEd durante as ondas de calor e outros horários de pico de uso da rede — estão atualmente instalados nos telhados do Barclays Center e do TWA Hotel do Aeroporto JFK, de Nova York.

Eles são essenciais para atender às metas de energia renovável da cidade de Nova York e para aliviar o envelhecimento da infraestrutura”, disse a empresa.

Empresa vem enfrentando dificuldades para encontrar proprietários dispostos a hospedar suas baterias

Nem tudo são flores, a empresa vem enfrentando dificuldades para encontrar proprietários dispostos a hospedar suas baterias e os moradores do prédio de Williamsburg não estão nenhum pouco satisfeito com a ideia.

Por dois anos, os moradores de Williamsburg lutam com unhas e dentes para não se tornar o primeiro prédio de apartamentos a ostentar a tecnologia de ponta em seu telhado. Se autorizado, abrirá as comportas para que baterias de íons de lítio sejam construídas em outros telhados residenciais.

Os moradores temem por sua própria segurança devido aos riscos de explosão das baterias de íons de lítio, bem como à do prédio — especificamente, se sua estrutura não for capaz de suportar várias toneladas acima deles.

“É mais assustador do que frustrante — a perspectiva de viver com cerca de 135 toneladas de baterias sobre sua cabeça que podem pegar fogo ou explodir a qualquer momento”, disse Olivia Silver, 25 anos, que viveu em 315 Berry a vida inteira, ao The Post. (A MicroGrid estimou que o equipamento pesará mais de 300.000 libras)

Os moradores alegam como exemplo, os recentes incêndios de baterias da Tesla, e que as baterias de fosfato de íons de lítio da MicroGrid são semelhantes, e de uma ordem de magnitude maior. Em defesa a empresa escreveu em uma apresentação que “essas baterias, ao contrário de outras baterias de lítio, não pegam fogo”, mas outras baterias de fosfato de íons de lítio estiveram envolvidas em pelo menos uma explosão fatal recente.

Além disso, os moradores do edifício observam que seu prédio de 49 unidades, do início do século XX, não está em condições de carregar mais peso em seu telhado, pois está coberto de rachaduras, inundações com frequência, tem mais de 25 violações abertas e uma ordem de desocupação parcial de quando um pedaço da fachada caiu no jardim comunitário agora fechado abaixo.

Agradecemos a todos que vistam nosso site e compartilham os links além disso , pedimos que curta a nossa página.

Acompanhe as novidades de música no site diariamente, faremos o máximo para trazer as músicas do momento só pra você.
Download
mp3
for free
house
amapiano
download mp3
Fofoca
novidades
entretenimento

Deixe uma resposta