Cibercrime no crivo da terceira edição do congresso angolano de Direito Bancário

Luanda, 14 de Novembro – As temáticas ligadas ao Cibercrimee os Mecanismos de Protecção no Sistema Financeiro Angolano, estarão no centro dos debates da 3ª edição do Congresso Angolano sobre Direito Bancário, evento promovido pela Academia Altafinança, que terá lugar no próximo dia 25 de Novembro, no Hotel Trópico em Luanda.

De acordo com Nelson Prata, Coordenador Científico do Congresso, a semelhança das edições anteriores, pretende-se criar uma plataforma que permita analisar o fenómeno do cibercrime, promover debates e apresentar possíveis soluções, sendo um espaço necessário à valorização do conhecimento, assente nos princípios da rigorosidade, da autenticidade e da transparência. “Além do tema central, estarão em análise e, em discussão, outros temas de crucial importância para o sector bancário e económico do nosso País. Razão pela qual foram cuidadosamente convidados diversos especialistas na área que irão participar como moderadores e oradores”, acrescentou Nelson Prata.

Durante o certame serão discutidos ainda temas como a “Insolvência de Instituições Financeiras Bancárias”, “Mecanismo de Protecção Contra-Ataques Cibernéticos no Sistema Financeiro” e “Central Privada de Informação de Crédito”. A privatização de instituições Bancárias, via Mercado de Bolsa de Acções.”

O III Congresso Angolano de Direito Bancário é uma iniciativa da Alta Finança, que tem vindo a afirmar-se no mercado nacional, enquanto promotora de vários eventos de natureza científica e profissional, nomeadamente: congressos, seminários, workshops, webinars, conferências, colóquios e palestras. Tem como principal objectivo impulsionar e abordar o desenvolvimento dos vários domínios, desde o financeiro, petrolífero, seguros, valores mobiliários, comunicação e tecnologia.

3 comments

Deixe uma resposta