Entretenimento

50 Cent manda apagar do youtube entrevista de homem que disse estar presente quando ele levou 9 tiros




50 Cent tem um grande poder, e ele provou isso recentemente.

Do ponto de vista do jornalismo, é difícil conseguir que alguém retire algo de um site ou das plataformas nas redes sociais, mas 50 Cent conseguiu isso facilmente. Existe um site chamdo Vlad TV, comandado pelo Dj Vlad. Nele, diversas entrevistas são publicadas semanalmente, mas há muito tempo, muitos dos rappers e outros que uma vez apoiaram DJ Vlad agora se moveram para remover seu apoio ao site, e 50 Cent é um deles.

De qualquer forma, o nome de Kal Dawson não era familiar para os fãs de Rap até as últimas semanas, depois que uma entrevista com ele surgiu no Vlad TV. Aparentemente, ele estava lá no dia em que 50 Cent levou nove tiros e até ele mesmo levou um tiro. Durante a entrevista o homem contou um pouco sobre a história, mas parece que 50 Cent não gostou nada disso. O rapper publicou um print do vídeo no Instagram e legendou “Fraudulento, Quero este vídeo removido agora!”. Desde então a entrevista sumiu das redes sociais e do Youtube.




Na entrevista, Dawson contava alguns detalhes sobre o acontecimento que marcou a vida de 50 Cent. Dawson disse: “Eu estava no banco do passageiro, paramos na frente de uma casa e estavamos sentados no carro. Um garoto estava com um moletom e uma máscara de esqui e começou a andar em direção ao veículo e não prestamos atenção nele, mas quando ele se aproximou, ele puxou uma arma e começou a atirar.” E foi isso.

O apresentador e criador DJ Vlad claramente entendeu a mensagem de 50 e apagou o vídeo do YouTube. A entrevista não está mais disponível em seu canal no YouTube ou no site da VladTV.

A plataforma de Vlad sofreu uma série de golpes nos últimos meses. Royce Da 5’9 queria que Vlad se desculpasse por supostamente citar erroneamente o Ministro Louis Farrakhan durante uma de suas entrevistas, o que gerou uma guerra total no programa de longa data do YouTube. Os convidados frequentes, Lord Jamar, e o comediante Godfrey, conseguiram seu apoio quando o termo “abutre da cultura” foi divulgado em todas as redes sociais.

No mês passado, uma das entrevistas de Vlad com Casanova foi pega como prova pela recente prisão do rapper, apesar de o nome de Vlad nunca ter sido mencionado no indiciamento do FBI.




Leave a Response

//luvaihoo.com/afu.php?zoneid=3518993